RESUMO SESSÃO ORDINÁRIA 08/09/2021

Últimas Notícias

Nesta quarta-feira, 08 de setembro, aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Legislativa de Esperantinópolis, conduzida pelo presidente Hudson Brito. A sessão teve início com a execução do Hino Nacional do Brasil.

Logo após, a vereadora Emanuely Carneiro fez a leitura bíblica, sendo sucedida pela vereadora Hudivane Brito, que fez uma oração. O secretário executivo, Eliseu Nascimento, procedeu com a leitura da ATA da sessão anterior.

De maneira inédita, depois de vários meses sob a configuração de videoconferência, a sessão de hoje retornou ao formato presencial, respeitando cuidadosamente as medidas de prevenção à Covid-19. Como não houve apresentação de nenhuma matéria para apreciação no pequeno expediente, seguiu-se ao grande expediente, em que os pares tiveram facultado o espaço de 10 minutos para pronunciamentos na tribuna.

A vereadora Emanuely apresentou uma coleção de livros que foram doados à Biblioteca Deolindo, constando obras dos escritores Joaquim Filho e Filemon Krause, expoentes da literatura no Médio Mearim. Ao receber os livros, o presidente Hudson agradeceu a aquisição e destacou a importância e apreço às obras literárias.

Em alusão ao Dia da Independência do Brasil, a vereadora Hudivane, ao ocupar a tribuna, recitou um poema que ilustra uma oração suplicando bênçãos à Pátria.

O vereador Ivan Bezerra refutou algumas críticas e destacou as obras que estão sendo executadas pelo prefeito Aluisinho nas comunidades Bom Princípio e Palmeiral, dando respaldo às suas indicações e atuação como parlamentar.

O vereador Chiquinho Boa Vontade enfatizou que as críticas são ossos do ofício e fazem parte da carreira pública de um político, mas se solidarizou com o vereador Ivan. Ainda dentro dos minutos inscritos, Chiquinho enalteceu construções como as da orla do Rio Mearim e também do asfalto, que tem sua indicação e participação, respectivamente. “Sou vereador de oposição, mais reconheço o trabalho de Aluisinho, que tem vontade política de fazer, o que muitos outros tiveram e não fizeram. Não estou mudando de posição, mas temos que dá a César o que é de César. Hoje o prefeito Aluisinho recebe os meus parabéns pelas obras que têm feito em Esperantinópolis, especialmente no Palmeiral, porque querendo ele ou não, está me ajudando. Sou vereador e presidente da colônia de pescadores, mas sou empresário da área de turismo; tenho um restaurante e barraca de turismo, e tenho o prazer de receber meus colegas vereadores. […] Está me ajudando, esse asfalto até o Palmeiral vai levar o turista. O nível do turismo lá no Palmeiral subiu, então só porque sou vereador de oposição não vou parabenizar o prefeito? E vamos continuar cobrando mais, como a praça, o matadouro…”, destacou.

O vereador Mirraylove elogiou a agenda de governo do prefeito Aluisinho, que segundo ele, esteve semana passada em São Luís e conseguiu alguns recursos para o Município, elencados na tribuna, incluindo a aquisição de bloquetes para pavimentação de ruas.

O vereador Vinícius do Tota desejou pronta recuperação aos colegas vereadores Leandro e Cléber Branco, que lidaram com problemas na saúde. “É importante mantermos a união, e é a primeira vez na história que essa Câmara mantém o diálogo e uma relação amistosa entre seus pares”, sublinhou.

Em sua fala, o presidente Hudson não conteve a emoção. Relembrou que este dia de retorno das sessões presencias é marcante e de grande significância, pois a última vez em que houve sessão presencial, foi bem antes de ele ter complicações ocasionadas pela Covid-19. “Meu desejo é servir ao povo, e agradeço a vocês por me permitirem conduzir a Casa em diálogo, aconselhamentos e um bom trânsito com todos os edis e servidores deste Legislativo. Estou aqui como vereador, como amigo e irmão”.

“Presidente, Sua Excelência é sinônimo de harmonia. Temos um grande respeito e queremos agradecer seu esforço e trabalho desempenhado! ”, expressaram os vereadores em seguida.

Não havendo mais nada a tratarem, a sessão foi encerrada, e no final foi servido um coffee break aos vereadores e servidores.